Catas Altas da Noruega

  • 3.462 Habitantes

A pequena cidade de Catas Altas da Noruega mantém a simplicidade do povo mineiro.  Situada a aproximadamente 140 km de Belo Horizonte, possui belas igrejas centenárias.

Para conhecer a história da cidade, turistas podem visitar o Museu e Arquivo Histórico de Catas Altas da Noruega – Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro, localizado em um casarão centenário em estrutura de madeira com vedação em pau-a-pique.

Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro
Compartilhe esta página:

ATRATIVOS

Museu e Arquivo Histórico Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro

Inaugurado em 1999, o Museu e Arquivo Histórico de Catas Altas da Noruega – Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro, está localizado em um casarão centenário em estrutura de madeira com vedação em pau-a-pique. Seus salões abrigam várias alas de exposição do acervo do Museu a Ala Sacra “Padre Luiz Gonzaga Pinheiro”, a Ala Histórica “professor Antônio Luiz Perdigão”, e a Ala Memória Política do Município “Prefeito Geraldo da Paz Rezende”. O museu e seu acervo são tombados pelo Patrimônio Municipal.

Horário de Funcionamento: Terça a Domingo (inclusive feriados) de 10:00h às 17:00h

Capela Nossa Senhora da Conceição

A capela foi edificada antes do ano de 1720, está localizada no alto de um morro, cercada por um cemitério, um muro de pedras construído ainda no período colonial e vista para um vale. De fachada simples com duas janelas e uma porta principal, sua arquitetura remete às primeiras capelas construídas em Minas Gerais.

O sino da capela confeccionado em bronze encontra-se alojado em sua janela da direita. Seu interior é ornamentado com barrados e pinturas. 


Igreja Nossa Senhora do Rosário

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário, localizada na parte alta da cidade, foi construída em 1765 pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos.

Após sucessivas reformas ainda conserva em seu interior objetos e adornos do século XVIII, dentre eles, o altar-mor e a pia batismal em pedra-sabão.
Mais

dicas

Inspirada no Caminho de Santiago de Compostela, a caminhada de “Santo Inácio com Costela” começa na Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante e segue em direção à comunidade rural de Santo Inácio. Cercado pela natureza e por montanhas, o percurso possui 10 quilômetros e passa pela Fazenda Matias, Capela de São Sebastião e a fábrica artesanal de açúcar mascavo. No final, o turista é recebido com uma deliciosa comida típica à espera, a canjiquinha com costela.

Os artesãos de Catas Altas da Noruega produzem em pedra sabão diferentes tipos de peças, como fontes, panelas, castiçais, esculturas, vasos e muitos outros itens.

serviços

Secretaria de Turismo 
(31) 3752-1260 – ramal 21

Circuito Turístico Vilas e Fazendas
(31) 3721-6589 / 8433-9716