Catas Altas da Noruega

  • 3.462 Habitantes

A pequena cidade de Catas Altas da Noruega mantém a simplicidade do povo mineiro.  Situada a aproximadamente 140 km de Belo Horizonte, possui belas igrejas centenárias.

Para conhecer a história da cidade, turistas podem visitar o Museu e Arquivo Histórico de Catas Altas da Noruega – Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro, localizado em um casarão centenário em estrutura de madeira com vedação em pau-a-pique.

Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro
Compartilhe esta página:

ATRATIVOS

Museu e Arquivo Histórico Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro

Inaugurado em 1999, o Museu e Arquivo Histórico de Catas Altas da Noruega – Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro, está localizado em um casarão centenário em estrutura de madeira com vedação em pau-a-pique. Seus salões abrigam várias alas de exposição do acervo do Museu a Ala Sacra “Padre Luiz Gonzaga Pinheiro”, a Ala Histórica “professor Antônio Luiz Perdigão”, e a Ala Memória Política do Município “Prefeito Geraldo da Paz Rezende”. O museu e seu acervo são tombados pelo Patrimônio Municipal.

Horário de Funcionamento: Terça a Domingo (inclusive feriados) de 10:00h às 17:00h

IGREJA MATRIZ DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Datada de 1727, a Matriz de São Gonçalo do Amarante é um exemplar de traços da arquitetura dos jesuítas. Possui um altar-mor, quatro altares laterais e duas capelas internas. 

Nesta igreja encontra-se a imagem de Nossa Senhora das Graças e também um Salão de Milagres (Ex-Votos), além de possuir objetos sacros de diversas épocas e estilos. 

Capela Nossa Senhora da Conceição

A capela foi edificada antes do ano de 1720, está localizada no alto de um morro, cercada por um cemitério, um muro de pedras construído ainda no período colonial e vista para um vale. De fachada simples com duas janelas e uma porta principal, sua arquitetura remete às primeiras capelas construídas em Minas Gerais.

O sino da capela confeccionado em bronze encontra-se alojado em sua janela da direita. Seu interior é ornamentado com barrados e pinturas. 


Mais

dicas

Inspirada no Caminho de Santiago de Compostela, a caminhada de “Santo Inácio com Costela” começa na Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante e segue em direção à comunidade rural de Santo Inácio. Cercado pela natureza e por montanhas, o percurso possui 10 quilômetros e passa pela Fazenda Matias, Capela de São Sebastião e a fábrica artesanal de açúcar mascavo. No final, o turista é recebido com uma deliciosa comida típica à espera, a canjiquinha com costela.

Os artesãos de Catas Altas da Noruega produzem em pedra sabão diferentes tipos de peças, como fontes, panelas, castiçais, esculturas, vasos e muitos outros itens.

serviços

Secretaria de Turismo 
(31) 3752-1260 – ramal 21

Circuito Turístico Vilas e Fazendas
(31) 3721-6589 / 8433-9716