Ouro Preto

  • Vila Rica
  • 70.281 Habitantes

Ladeiras íngremes, casarões coloniais, arquitetura barroca, religiosidade e muita história. Esses são alguns dos marcos do município. Reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade, com mais de 300 anos, Ouro Preto, localizada há 95 km de Belo Horizonte, está entre as cidades históricas mais importantes do país.

Andar pela cidade é fazer uma viagem no tempo. É mágico subir e descer as famosas ladeiras de paralelepípedos em busca de cultura e lazer, passear pela movimentada Rua Direita, entrar em suas lojinhas de pedras preciosas lapidadas, observar a beleza da Praça Tiradentes e, como pano de fundo, o imponente Museu da Inconfidência.

A cidade possui diversas igrejas e algumas representam o auge do barroco mineiro, tendência artística da época, com obras de grandes artistas, como Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho.

Gastronomia e festas também são destaques na cidade. Restaurantes servem pratos da suculenta culinária mineira e, para quem gosta de diversão, Ouro Preto possui uma das mais animadas festas de Carnaval do país. Também é conhecida pelas repúblicas, moradias de estudantes universitários. A tradicional Festa do 12, que acontece todo ano no feriado de 12 de outubro, recebe uma multidão de ex-alunos em busca de recordações do passado.

Antigas minas de ouro também podem ser visitadas. E aí a história é retomada. O município nasceu em 1711, com o nome de Vila Rica. Poucos anos depois, em 1720, foi escolhida como a capital da capitania das Minas Gerais.

A cidade serviu como campo de manifestações históricas e culturais na época da descoberta do ouro no país. Foi cenário da Guerra dos Emboabas e do movimento da Inconfidência Mineira, no século 18, em que uma elite dominante lutou contra a exploração do ouro, principalmente da Corte Portuguesa, em favor de melhores condições de vida para o povo brasileiro. Nesse período, Tiradentes (Joaquim José da Silva Xavier) foi enforcado em praça pública, tornando-se mártir da libertação do povo aos domínios de Portugal.

Ouro Preto só manteve sua preservação original devido à mudança da capital para Belo Horizonte, em 1897.

Conhecer Ouro Preto é  uma experiência inesquecível. 

Igreja São Francisco
Igreja
Tapetes para Corpus Christi
Feira de Pedra Sabão
Igreja São Francisco
Interior da Igreja do Pilar
Vista do Museu da Incofidência
Pico do Itacolomy
Praça tiradentes-Foto: Eduardo Tropia
Semana Santa - Foto Eduardo Tropia
Vista Jacuba Foto Eduardo Tropia
Museu Noturna_Foto Eduardo Tropia
Rua São José Faria_Foto Eduardo Tropia
Compartilhe esta página:

ATRATIVOS

Museu Casa Guignard

Alberto da Veiga Guignard é considerado um dos maiores pintores e desenhistas brasileiros do século XX. Encantado pela paisagem das cidades históricas de Minas, mitificou o tema numa obra que se impôs ao respeito e admiração do Brasil.

O Museu foi inaugurado em 1987, seu acervo reúne obras do autor e peças que ilustram sua vida e oferecem visão ampla sobre a trajetória do mestre. Exposições temporárias, pesquisa e ação educativa dinamizam o espaço cultural. 

Está localizado na rua Conde de Bobadela, 110.

Parque Estadual do Itacolomi

O nome “itacolomi”, de origem indígena, tem duas versões. Uns dizem que vem de “itacumirim”, que, na língua dos índios cataguases, significa “pedra-menino”. Outros creem que o termo vem do tupi-guarani e significa “a pedra e o menino”, já que a configuração natural do relevo traz uma pedra grande, que seria a mãe, com uma menor ao seu lado, que seria o filho.

Dados gerais e curiosidades:
Criado em 14 de junho de 1967 com 7.543 há;
Municípios: Ouro Preto e Mariana;
O parque localiza-se na porção sul da Reserva da Biosfera da serra do Espinhaço e a sudeste do Quadrilátero Ferrífero. O Pico do Itacolomi, principal símbolo, está a 1.772 metros de altitude. 

Atrações:
- Capela São Jose
- Casa Bandeirista
- Lagoa da Capela
- Museu José de Salles Andrade
- Represa do Custódio – (Fica no distrito de Lavras Novas, a 7,6 km da sede do parque).
- Trilha da Capela – 1h (Caminhada)
- Trilha do Forno – 1h (Caminhada)
- Trilha da Lagoa – 20 minutos (Caminhada)
- Trilha do mirante do Custódio – 1h 30 (Caminhada)
- Trilha do Pico do Itacolomi – 2h 30 (Caminhada)

Para visitar:
De terça a domingo, das 8h às 17h.. As empresas Pássaro Verde (intermunicipal), Turim, Transcotta e Vale do Ouro (internas) possuem transporte regular que passa na portaria do Parque. Para quem vem de carro, é permitido o uso de veículos automotores da portaria até a sede da fazenda.

Contato:
Email:
peitacolomi@meioambiente.mg.gov.br
Tel: (31) 3551 6193.
Endereço: BR 356, km 97.6, em frente o trevo do Hospital Santa Casa, Ouro Preto, Minas Gerais, CEP: 35.400-000.

Distâncias:

Belo Horizonte: 100 km
Mariana: 13,9 km
Ouro Preto: 5,7 km
Rio de Janeiro: 396 km

Como chegar:

A partir de Belo Horizonte, seguir pela BR 040 e depois pela rodovia dos Inconfidentes (BR 356) para Ouro Preto. O principal acesso ao Parque Estadual do Itacolomi está entre as cidades de Ouro Preto e Mariana, pela rodovia do Contorno, saindo de Ouro Preto em direção a Passagem de Mariana (distrito do município de Mariana), até o entroncamento com a MG - 262, onde se localiza a entrada principal do parque.

Infraestrutura:

Centro de visitantes, restaurante, área de convívio, churrasqueiras com mesas e bancos, parquinho e quadra de areia, banheiros, vestiários masculino e feminino, área de camping, alojamentos, casa do pesquisador, casa de hóspedes.

Onde ficar:

Lavras Novas, Mariana, Ouro Branco, Ouro Preto.

Dicas: 
- É importante planejar a sua visita: entre em contato com a administração da área e confirme a disponibilidade das atividades de interesse.
- Não são permitidos animais domésticos.

Centro Cultural e Turístico FIEMG

Com uma localização geográfica nobre, no centro da cidade histórica que é Patrimônio da Humanidade, encontra-se o SESI Ouro Preto Centro Cultural e Turístico do Sistema FIEMG. O objetivo é oferecer aos turistas, nacionais e internacionais, que ocupam a cidade durante todo o ano, uma programação de cultura e arte diversificada. Para isso, o SESI possui uma Galeria de Arte, balcão de informações ao turista, venda de bilhetes para a Locomotiva da Vale, carimbo do passaporte da Estrada Real, Café e Livraria. 
Mais

hospedagem

Pousada Abigail Condé

Visite a Pousada Abigail Condé , " A Pérola da Terra" e conheça Ouro Preto, Cidade Monumento Mundial da Humanidade, Capital de arte e cultura; "Circuito Do Ouro". A Pousada Abigail Condé tem um ambiente tranqüilo e aconchegante para o conforto de sua família. Contamos com estacionamento próprio. Localizada em um ponto privilegiado, possui uma maravilhosa vista panorâmica da cidade, estamos a 900 metros da Praça Principal(Praça Tiradentes).

  • Endereço: Rua Pe.J.H.Filgueiras Nº: 72 Alto das Dores
  • Telefone: (31) 3551-4141
  • E-mail: pousadaabigailconde@uol.com.br
conheça

Estalagem das Minas Gerais - SESC

.A poucos quilômetros de Belo Horizonte está localizado o Sesc Estalagem Ouro Preto, antigo Hotel Estrada Real. Com 2.250.000 m², a unidade fica ao lado da reserva ecológica do Tripuí e tem capacidade para receber cerca de 450 hóspedes em suas 197 acomodações. São bangalôs e apartamentos, estes, divididos em dois prédios charmosos.


  • Endereço: Rodovia dos Inconfidentes Nº: 88 TRIPUI
  • Telefone: (31) 3551-2122
  • E-mail: reservasouropreto@sescmg.com.br
conheça

Buena Vista Hostel

O Buena Vista Hostel apresenta cidade mais intensa e cultural de Minas Gerais uma nova proposta de hospedagem de baixo custo. Com um ambiente descontraído, oferecemos o melhor em conforto, diverso e cultura. O casaro recm restaurado oferece um design que une o clássico ao moderno num tom vintage e despojado que propicia a interao social tanto com os demais hóspedes. Localizado no Centro de Ouro Preto, o Hostel está próximo ao cenário dos principais eventos culturais da cidade. Com uma equipe jovem e disposta a ajudar, você pode obter ótimas informações de eventos e festas na cidade

  • Endereço: Rua Henri Gorceix Nº: 198 Centro
  • Telefone: (31) 3551-4677
  • E-mail: buenavistahostel@hotmail.com
conheça
Mais

Restaurantes

Mais

dicas

Quem é amante de lugares históricos e com uma arquitetura bem peculiar, vai adorar Ouro Preto e seus distritos. 

Mas, pra quem pensa que a única beleza de Ouro Preto vem apenas das histórias, se engana. O seu entorno traz lugares fabulosos, como os seus lindos vales, mirantes, cachoeiras e infinitas nascentes. Um paraíso perdido em meio às lendas. Um bom exemplo disso é o Parque do Itacolomi, onde fica o Pico do Itacolomi, com 1.722 metros. Por meio de trilha é possível chegar ao seu cume. Além de outras atrações, como o Museu do Chá, a capela São José e a Casa Bandeirista. 

Outro exemplo é o distrito de Santa Rita de Ouro Preto, onde são produzidas as peças que são expostas na feira de Pedra-Sabão. No distrito de Amarantina, não pode deixar de ser visitado o Projeto Reduções. Esse curioso museu apresenta miniaturas de construções de várias fases da arquitetura brasileira. Lavras Novas, vilarejo que contém as principais cachoeiras do município. São Bartolomeu, Glaura e Santo Antônio do Leite são outros distritos que merecem ser visitados.

serviços

Centro Cultural e Turístico do Sistema FIEMG
(31) 3559-3269 / 3351-3637

Centro de Atendimento ao Turista
(31) 3551-2655 / (31) 3551-5212

Ouro Preto e Circuito do Ouro Convention 
& Visitors Bureau (CVB)
(31) 3551-1469

Terminal Rodoviário
R. Padre Rolim, s/n
(31) 3559-3252 /  (31) 3551-5552

Bancos
Santander, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, 
HSBC, Itaú e Unibanco.

Site
www.ouropreto.org.br