Destaques
Tudo que acontece na Estrada Real.
Fique por dentro
05 de Maio de 2017

Sabará celebra 20 anos do Festival do Ora-Pro-Nobis

SECTUR SABARA o Ora Pro Nobis
Evento tradicional inspira criações gastronômicas com o ingrediente 
Há 20 anos, uma hortaliça miúda, rústica e cheia de espinhos é a estrela de um dos eventos gastronômicos mais tradicionais de Minas Gerais. Realizado todos os anos no bairro Pompéu, em Sabará, o Festival do Ora-Pro-Nobis celebrará duas décadas de sucesso nos próximos dias 5, 6 e 7 de maio. Nesta edição, o festival volta a ser realizado no entorno da Capela de Santo Antônio, patrimônio histórico de Sabará.   

Durante os três dias, o evento terá barracas e restaurantes servindo diversos pratos preparados à base de ora-pro-nobis. Além das delícias gastronômicas, outro atrativo serão os produtos artesanais. A programação do festival ainda inclui apresentações musicais de diversos ritmos como sertanejo, forró, samba e MPB.   

Plantinha versátil   

Popularmente, a ora-pro-nobis recebe nomes diferentes dependendo da região: lobrobró, orabrobró, jumbeba, cacto rosa, rosa madeira, groselha da América, groselha de Barbados ou groselha das Antilhas. Mas a origem do nome vem do latim e significa “rogai por nós”. De acordo com a tradição popular, o nome surgiu a partir de um costume antigo: as pessoas colhiam a planta no quintal de uma igreja, para ser preparada no almoço, bem na hora que o padre iniciava a reza final da missa da manhã.  
Apesar de ser uma espécie arbustiva, da família das cactáceas, a ora-pro-nobis é um ingrediente típico da cozinha mineira e movimenta a economia do bairro Pompéu. Com a planta, podem ser feitas sopas, omeletes, tortas e refogados. Em Minas Gerais, uma das receitas mais tradicionais é a de frango caipira com ora-pro-nobis, comumente servido nas cidades históricas.  No entanto, a hortaliça também pode acompanhar outros tipos de carne, como costelinha e lombinho. Além disso, ela pode vir como recheio de salgados, pastéis e panquecas. 

  A utilidade da ora-pro-nobis se estende para além da culinária. A planta também pode ser usada em cercas-vivas, tanto para quebra-vento quanto para barreira contra predadores. Os espinhos pontiagudos nos ramos inibem o avanço de invasores. Em ornamentações, as flores da ora-pro-nobis podem ser usadas em projetos paisagísticos.   Além de servir como proteção natural, a ora-pro-nobis é antissifilítica e tem propriedades medicinais que atuam no tratamento contra o colesterol, de tumores e inflamações cutâneas.  As folhas da planta, quando misturadas com azeite, servem para tratar furúnculos. É indicada ainda no combate à desnutrição por ser rica em proteínas, vitaminas A, B e C, bem como cálcio e fósforo. 

O Festival acontece entre os dias 5 e 7 de maio com programação gratuita. Sabará fica a 20 minutinhos de carro de BH, então aproveite e conheça mais essa maravilha mineira!
Compartilhe esta página: